Livro: Senhor das Moscas

terça-feira, abril 07, 2020

O livro Senhor das Moscas foi escrito em 1954 pelo autor William Golding e vencedor do Prêmio Nobel em 1983. Escrito durante a Guerra Fria, logo após a Segunda Guerra Mundial, ao contrário do que muitos podem pensar ao ler a sinopse abaixo, esta não é apenas uma obra sobre meninos britânicos sobrevivendo em uma ilha deserta após um acidente de avião; é um livro que retrata os conflitos entre a barbárie e a civilização. 
Ao decorrer da leitura, é inevitável não nos questionarmos a cerca de qual é a tendência natural do seres humanos que vivem longe das leis da sociedade; A ordem ou o caos? Será que é possível viver sem leis? O que fala mais alto, a solidariedade e a compaixão ou a violência e a maldade?

Senhor das Moscas
224 páginas | Editora: Alfaguara | Compre: Amazon


Sinopse - Senhor das Moscas

Durante a Segunda Guerra Mundial, um avião carregando um grupo de meninos britânicos com idades entre 6 e 12 anos cai em uma ilha deserta, matando todos adultos que estavam abordo. 
Sem a supervisão de um integrante maduro para auxilia-los, juntos tentam trabalhar para sobreviverem e elegem Ralph, um garotinho de 12 anos, como líder do grupo. Contudo, aos poucos, meninos aparentemente inocentes, começam a disputar o poder da liderança e transformam a ilha em um cenário caótico de selvageria, acabando com qualquer resquícios de como é viver em sociedade.

Resenha - Senhor das Moscas

O livro Senhor das Moscas vai muito além de uma história onde personagens perdidos em uma ilha deserta precisam se manter vivos. O romance trata-se de conflitos entre a selvageria, civilização e o questionamento a cerca da descoberta do mal que existe no coração do homem que, independente da idade e de onde vivem, seria algo natural?

Através dos pequenos personagens e algumas outras ações, o livro faz uma série de analogias que são facilmente entendidas pelo leitor, algumas delas são:
Ralph - O principal protagonista e líder do rebanho representa o instinto civilizado dos seres humanos, é ele que está sempre tentando manter a ordem, disciplina e estrutura.
Jack - O sombrio antagonista que vive em conflito com Ralph representa o mal existente dentro de nós em situações não civilizadas. 
Porquinho - Braço direito de Ralph, Porquinho é a mente cientifica e racional da equipe.
Simon - O personagem que está sempre em contado com a natureza e reconfortando os meninos menores da ilha, representa o senso natural de moralidade.

E, por fim, o título do livro também traz uma grande analogia e da sentido á muita coisa durante a história, porém, recomendo que só leia a explicação abaixo se você já leu o livro ou não se importa com pequenos spoilers.
(Spoiler Alert!) O Senhor das Moscas - Nome dado á cabeça da porca que a gangue de Jack perfura na lança como uma oferenda ao "animal" que ronda a ilha e assombra o sonhos dos pequenos. Este ato passa a simbolizar os instintos primitivos de poder e natureza bárbara que assumem o controle da tribo de Jack. O Senhor das Moscas refere-se a Belzebu, deus filisteu transformado em príncipe dos demônios por Hebreus e Cristãos, cujo o significado etimológico é justamente Senhor das Moscas.

Livro senhor das moscas

Contudo, para finalizar a resenha com a minha opinião pessoal acrescento que gostei muito do livro e de todas as analogias que ele traz, inclusive, Senhor das Moscas se tornou favorito na minha estante.
A forma em que o autor traz questões que são estudadas há anos por filósofos é de fácil entendimento para o leitor. Além disso, a forma em que ele contesta a ideia de que crianças nascem boas nos faz pensar e questionar qual é a verdadeira essência da natureza humana. Como você se comportaria se estivesse fora dos olhos das leis criadas pela sociedade? 

Por fim, recomendo a leitura para quem gosta de distopias.

Me acompanhem na redes sociais:
contato_marcelabog@outlook.com

You Might Also Like

17 Comentaram

  1. Nossa que bacana ainda não li esse livro é olha já gostei muito irei lê

    ResponderExcluir
  2. nossa que indicação mais interessante! acho super legal temas que nos fazem refletir sobre nós mesmos, nossa humanidade e nossa sociedade

    ResponderExcluir
  3. Senhor das Moscas parece ser uma leitura intrigante e inteligente, realmente fiquei tentada a fazê-la. Obrigada pela indicação <3

    ResponderExcluir
  4. Carambaaaaa to bem curiosaaaa! Já quero lê. Beijos

    Segredosdamarii.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Parece ser um livro interessante, do tipo que eu gosto de leitura, pelo que li aqui, realmente nós se não tivéssemos as leis e regras nos tornaríamos selvagens, e olha que tendo leis alguns ainda são selvagens ....

    ResponderExcluir
  6. Nunca ouvi falar nesse livro nao , mas adorei sua resenha

    ResponderExcluir
  7. Muito bacana esse livro, vou procurar saber pra ler! amei

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Confesso que pelo título do livro eu não compraria mas, pela premissa e pela sua resenha fiquei muito curiosa e já o coloquei na minha lista de leitura, gosto de livros que abordam esse tema.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  9. A história é bem diferente do tradicional isso chama bastante atenção.

    ResponderExcluir
  10. Meu marido iria amar esse livro, vou indicar pra ele essa leitura.

    ResponderExcluir
  11. Parece legal mesmo, gostaria de ler! Também não ngostei muito do título, mas a história é interessante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É título pesado né? Também acho mas é essencial para dar contexto a história.

      Excluir
  12. Que indicação interessante, achei bem bacana e fiquei com curiosidade de ler

    Beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir
  13. A premissa desse livro me lembrou os filmes Mobi Dick, Ensaio Sobre a Cegueira e a série The Walking Dead, pois a base dessas histórias é a de mostrar que sem leis o ser humano vira um bárbaro violento e egoísta.
    Legal que esse livro traga reflexões tão importantes em forma de história, e não como um livro didático ou filosófico. Minha irmã tem esse livro na estante dela, vou pegar emprestado!
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu aposto que você vai gostar.
      Realmente, TWD tem essa premissa não havia pensando nisso. Vou tentar assistir Mobi Dick e Ensaio Sobre a Cegueira.

      Excluir
  14. Acabei de conhecer o blog e estou encantado! Parabéns!!
    Conteúdo de qualidade. Seguindo tudo já!
    Abraços,

    Victor Wallace
    https://tertulialivros.blogspot.com/
    instagram: @tertulia_livros

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Curta a página!

Siga o blog!